... Porque parte de mim tem sede ... e a outra tem fome ... 

     Bem Vindo à Toca Da Leoa

                           Sensualidade & Erotismo à Flor Da Poesia




    



              


                
 
Textos


DESEJOS DE PROFANIDADES



Apolo no Olimpo, nos braços de Afrodite
Embora em Deuses eu não acredite
Infinito era o prazer ele que sentia

Corpos sedentos entoavam melodias
Volúpias... teogonia... divindades
Inspiravam desejos de profanidades

O plácido gozo era a recompensa

Das luxúrias desmedidas e intensas.





►Click aqui e leia mais: Indrisos
Click aqui e leia "Meu Diário"
►Click aqui e veja "Fotos"
CléiaFialho
Enviado por CléiaFialho em 21/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (*DIVULGUE A AUTORIA*É UM DIREITO DO CRIADOR COMPÔS*E UM DEVER DO LEITOR QUE GOSTOU*). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS. INCENTIVAMOS A DIVULGAÇÃO COM AUTORIA.
É UM DIREITO DO CRIADOR QUE SE DEDICOU A COMPOR.
E UM DEVER DO LEITOR QUE APRECIOU A OBRA.
(Manu Hawk)